3º Seminário Internacional - Centenário de Maria Bonita



Um dos motivos de minha ausência no blog nos últimos dias foi minha participação no 3º Seminário Internacional  - Centenário de Maria Bonita, que ocorreu entre os dias 23 e 26 de março. Esse com certeza foi um dos melhores eventos acadêmicos que já participei! Aprendi muito da história da minha região (a escola me obrigou a aprender sobre as Guerras Mundiais e nada sobre o que aconteceu aqui no Sertão, por que será?). Conheci novas pessoas, todos com sua formação diferente das dos demais ,mas unidos por uma paixão: A história do Cangaço. Conheci novos lugares, como A Grota do Angico e a casa onde nasceu Maria Bonita, na Malhada da Caiçara, povoado aqui de Paulo Afonso.
Em 8 de março completou-se 100 anos do nascimento de Maria Bonita, data que não poderia cair melhor para uma mulher que é simbolo de força no Sertão. A primeira mulher a entrar no Cangaço. E a vida no cangaço não era nada fácil para uma mulher, que muitas vezes tinha que percorrer grandes distâncias mesmo na gravidez, entre outras adversidades.
Não estou aqui para defender o que fizeram, sabemos que foram bandidos, mas porque tenho que saber que m foi Hitler e desconhecer Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião? Então professores procurem incluir um pouco mais de cultura local em suas aulas, garanto que quando eu estudava em escola acharia bem mais interessante aprender com um Cordel do que com esses fragmentos de textos que vocês chamam de apostilas.

Algumas fotinhas no evento:

Na cidade alagoana Piranhas


Em frente a casa onde nasceu Maria Bonita

Na Grota do Angico, lugar onde morreu o bando de Lampião


2 comentários :